sexta-feira, 29 de junho de 2012

Quem era a Rainha de Sabá?

Rainha de Sabá
Era uma vez uma rainha muito bonita e muito rica, porém infeliz. Vivia num palácio em Sabá que fica localizado no sul da Península
Arábica. O seu reino estendia-se do Iémen para além da Etiópia.
Certo dia, um viajante visitou-a e falou-lhe de um rei muito sábio como não havia outro na terra inteira. A rainha ficou com os olhos
muito brilhantes e quiz saber mais sobre esse jovem rei, de onde era e como se chamava. O viajante contou-lhe que era filho do
grande Rei David homem do Deus Altíssimo e de uma nação chamada de Israel. Como já era idoso, antes de morrer, chamou seu
filho Salomão para que ele se sentasse no seu trono e governasse o Povo de Deus. O jovem era muito belo e todos procuravam saber dele àcerca de tudo e todas as coisas ele falava com grande sabedoria, prudência e justiça. A rainha de Sabá perguntou ao viajante como é que ele tinha alcançado tanta sabedoria. Então o viajante contou-lhe que um dia logo no início do reinado do Rei Salomão lhe apareceu Deus e que lhe propusera satisfazer tudo o que o monarca desejasse. Logo o jovem rei pediu a Deus que lhe desse toda a sabedoria para poder governar o seu reino. Deus então lhe deu não só sabedoria como também riquezas, porque considerou bom o coração do jovem rei.
A rainha de Sabá ficou tão surpreendida e alegre por tudo o que tinha ouvido falar do Rei Salomão que logo projectou uma visita ao monarca. Chamou os seus conselheiros e logo deu ordens para que organizassem uma caravana com alimentos para muitos dias e os melhores homens do seu reino a fim de que empreendessem uma longa viagem, levando consigo um presente para o Rei Salomão de dromedários, ouro e incenso. Is. 60:6.
Durante a viagem a rainha só pensava no Rei Salomão e das perguntas que gostaria que ele lhe respondesse.
Num belo dia, ao meio dia, chegou a Rainha do Sul, da terra de Sabá, à cidade de Jerusalém e logo indagou saber como poderia se encontrar com o Rei Salomão. Os seus pagens levavam presentes a fim de impressionar o rei.
Logo que Salomão soube da chegada da rainha de Sabá a recebeu com tanta hospitalidade, próprio de reis e conversavam sobre muitas coisas e também o rei lhe mostrou as riquezas que possuía para a construção de um Templo ao Deus que Ele servia. A rainha ficou tão encantada e entusiasmada com o que via e ouvia e confidenciou de que era tudo muito mais do que ela podia supôr a grandeza e a sabedoria do rei. Terminados os dias da sua visita voltou para a sua terra mais rica e alegre porque a sabedoria do rei lhe tinha revelado as coisas de que ela tanto queria saber.
Passado muito tempo, na cidade de Belém nasceu uma criança, numa gruta de acôrdo com as profecias da sabedoria de Deus e o nome desse Menino era Emanuel, Deus connosco. Este Menino, Jesus de Nazaré, crescia em graça e em toda a sabedoria de Deus, o Seu Reino é eterno e todas as coisas foram feitas por Ele e para Ele. Ele veio numa missão de alegrar os corações de todos os ho-
mens e mulheres que vivem infelizes como era o coração da rainha de Sabá.
Mais tarde, quando já era um homem, admirou-se da indiferença dos homens que teimavam em buscar as riquezas pois era nelas que confiavam em lugar da sabedoria de Deus. Então Ele disse: “A rainha do meio-dia se levantará no dia do juízo com esta geração, e a condenará; porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E eis que está aqui quem é mais do que Salo-
mão”.Mt. 12:42.
Por Amilcar e Isabel Rodrigues via Guiame

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante.
Deixe seu comentário.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...