sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Polêmica: Câmera de segurança teria flagrado anjo descendo do céu. Verdadeiro ou falso? Veja o vídeo

Polêmica: Câmera de segurança teria flagrado anjo descendo do céu. Verdadeiro ou falso? Veja o vídeo
Uma câmera de segurança numa praça da cidade de Jacarta, capital da Indonésia, teria flagrado um anjo caindo do céu. As pessoas que estavam na praça garantem que a forte luz que cai do céu e se “agacha”, antes de dar um salto, e sumir, era um anjo.
No vídeo, após a queda, aparecem pessoas correndo na direção onde o anjo tinha aparecido e procuram vestígios, porém aparentemente não encontram nada. O incidente teria acontecido no último dia 11 de setembro e não há informações se outras câmeras da cidade flagraram o “anjo” de outros ângulos.
A polêmica tomou espaçou em sites e blogs em todo o mundo, muitos afirmam que o vídeo é falso, outros acreditam que não seja um anjo, mas sim um alienígena. “Meu primo estava na praça naquela noite, e as pessoas que testemunharam a cena ficaram conversando sobre isso a noite inteira. É real. Eles viram uma luz brilhante descendo do céu, batendo no chão e depois desaparecendo”, disse o indonésio Pramana Abbas.
Assista ao vídeo:
Para você é um anjo?
Fonte: Gospel +

Pastor cristão é condenado a pena de morte no Irã. EUA pedem clemência


O pastor Youcef Nadarkhani, 34, que se converteu do islamismo para o cristianismo foi condenado à pena de morte no Irã por recusar voltar à sua antiga religião.

Youcef Nadarkhani, 34, se recusou a cumprir uma ordem judicial que o obrigava a se converter novamente ao islamismo. A sentença foi proferida por uma corte na província de Gilan, na cidade de Rasht.

O pastor foi detido em outubro de 2009 quando tentava registrar sua igreja na cidade. Youcef começou a questionar a supremacia dos muçulmanos para doutrinar as crianças, e acabou acusado de tentar "evangelizar" muçulmanos e de abandonar o islamismo, o que pode levar à pena de morte no país.

Sua primeira condenação aconteceu em 2010, mas a Suprema Corte do Irã interveio e conseguiu adiar a sentença. Ao ser revisto, o processo resultou na mesma condenação ao fim do sexto dia de audiência, nesta quinta-feira.

No tribunal, o pastor disse que não tinha intenção de voltar ao islamismo, chamando sua crença anterior de "blasfêmia".

Agora, a defesa de Youcef tentará novamente recorre à Suprema Corte, pedindo a anulação da pena. O advogado de Youcef, Mohammed Ali Dadkhah acredita que tem 95% de chance de anular a sentença. No entanto, alguns apoiadores temem que a Suprema Corte demore para analisar o pedido e o pastor seja executado nos próximos dias.

O ministro de Relações Exteriores britânico, William Hague, comentou o caso e pediu que o Irã cancele a sentença. "Eu repudio o fato de que Youcef Nadarkhani, um líder cristão, possa ser executado por se recusar a cumprir a ordem da Suprema Corte para que ele se convertesse ao islamismo. Isso demonstra que o regime iraniano continua não respeitando o direito à liberdade religiosa".

EUA pedem clemência ao Irã por pena de morte contra pastor
Os Estados Unidos afirmaram nesta quinta-feira que o Irã mostrará um "desprezo total" pela liberdade religiosa se suas autoridades executarem um pastor iraniano que se recusa a negar sua fé cristã para se converter ao islã.

"Os Estados Unidos condenam a pena de morte imposta ao pastor Youssef Nadarkhani. A execução da pena capital constituirá uma nova prova do desprezo das autoridades iranianas pela liberdade de culto", declarou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, em um comunicado. "O pastor Nadarkhani não fez nada além de manter sua fé devota, que é um direito universal de todas as pessoas".

"A tentativa das autoridades iranianas de forçá-lo a renunciar a sua fé viola os valores religiosos que elas alegam defender, atravessa todos os limites da decência e viola as próprias obrigações internacionais do Irã", disse Carney. "Nós convocamos as autoridades iranianas a libertar o pastor Nadarkhani e a demonstrar compromisso com os Direitos Humanos básicos e universais, incluindo a liberdade de religião".

O tribunal onde estão sendo realizados os julgamentos está cercado por forças de segurança desde que começaram as audiências do pastor. O tribunal concedeu a Yousef três chances para que ele pudessem se retratar, negar o cristianismo e voltar ao Islã. Somente dessa maneira ele poderia ter sua vida poupada. Mas em todos os casos, ele se recusou a negar a Cristo.

“Estou em contato com o Irã”, disse uma fonte próxima a família do pastor. “Mas as notícias não são muito boas, mas vamos esperar. Se eles realmente quiserem, eles podem matá-lo porque ele se recusou a negar sua fé. Deixamos tudo nas mãos de Deus.”

Um advogado de defesa disse a família Nadarkhani e amigos que havia uma maneira de levar o caso ao Tribunal Supremo, o que poderia estender a pena de Nadarkhani na prisão, mas existe a informação de que o Supremo Tribunal Federal do país deseja que essa situação seja resolvida o quanto antes.

“Yousef é conhecido como um herói, por isso, se ele for libertado, o governo será visto como alguém que foi derrotado”, disse ele. “Mas se eles o deixarem na prisão, haverá mais pressão internacional.”

“Eles provavelmente não irão matá-lo hoje, mas podem fazer isso quando quiserem”, disse a fonte para o Compass. “Eles podem enforcá-lo ao meio dia ou então daqui a 10 dias. Às vezes entregam o corpo para a família junto com o veredito. Eles têm ultrapassado as fronteiras da lei”

A fonte disse que a esposa de Nadarkhani está muito apreensiva com relação a decisão do tribunal. Eles tem dois filhos: Joel, 7 anos, e Daniel, 9 anos. “A mulher dele está em depressão e preocupada. É uma situação difícil para toda a família.”

O último cristão executado por questões religiosas no Irã foi o pastor da Assembleia de Deus, Hossein Soodmand, em 1990. No entanto, dezenas de iranianos que se converteram ao cristianismo foram misteriosamente assassinados nos últimos anos.

Fonte: UOL, Terra e Missão Portas Abertas

Clube da Cristina Mel faz a alegria dos pernambucanos neste sábado



A Igreja Apostólica Batista Viva (IABV) em Itapissuma (Pernambuco) organiza a sexta edição do evento Crianças Diante do Pai neste sábado (1º de outubro). 


Comemorando o mês da criançada, o congresso acontecerá na Praça Agamenon Magalhães e contará com o Clube da Cristina Mel em um dia de muita festa, alegria, brincadeiras e a pregação do Evangelho para os pequeninos.

A expectativa é grande para os organizadores do 6º Crianças Diante do Pai que terá início às 16h. Não leve apenas o seu filho, vá com ele também!

Fonte: Asaph Soia (Assessoria de Imprensa – Viva Comunica)

Estudo revela que mudança é possível para os homossexuais

A mudança é possível para os homossexuais? Tentando responder esta questão, um estudo publicado em um jornal científico pela primeira vez em uma década, mostra que mudar a orientação sexual é possível.

The Journal of Sex and Marital Therapy contém os resultados finais de um estudo longitudinal de indivíduos que buscam mudar a orientação sexual através de ministérios cristãos associados com a Exodus International, conforme foi divulgado pela Religion News Service quarta-feira.

Os Psicólogos Stanton L. Jones (Wheaton College, IL) e Mark A. Yarhouse (Regent University) fizeram uma pesquisa com 98 pessoas que procuvam mudar a orientação sexual. Níveis de evolução de atrações sexuais e distúrbios psíquicos foram avaliados no início do processo de mudança e cinco vezes em um período total de 6-7 anos.

Dos 98 indivíduos, 61 foram classificados com sucesso para o resultado geral da última avaliação. O estudo descobriu que 53% foram classificados como bons resultados. Desses, 23% relataram o sucesso dos resultados na forma de conversão bem-sucedida à orientação heterossexual e 30% relataram a castidade de comportamento estável, sem identificação com a orientação homossexual. Quase no final, na marca de 6 anos, 20% relataram adotar totalmente a identidade gay.

Segundo o comunicado, os resultados mostram mudanças estatisticamente significativas, em média, da diminuição da orientação homossexual. Mas, as descobertas não provam que a mudança categórica na orientação sexual é possível para todos, mas eles mostram que mudanças reais parecem possíveis para alguns.

Os autores incitam o cuidado em projetar as taxas de sucesso a partir destes resultados, que são susceptíveis estimativas excessivamente otimistas do sucesso antecipado e apontam que a conversão para adaptação heterossexual foi um fenômeno complexo.

Os resultados do estudo não convenceram os críticos. Candace Chellew-Hodge, fundador do Whosoever, uma revista GLBT Oline para os Cristãos, encontrados em primeiro lugar que a pesquisa foi "suspeita", porque os pesquisadores são de faculdades cristãs conservadoras. Ele mostrou ainda sua preocupação também com as conclusões dos autores serem "excessivamente otimistas".

"Mesmo os pesquisadores chamam suas conclusões ‘excessivamente otimistas’", Hodge-Chellew disse de acordo com Religion Dispatches.

Chellew-Hodge criticou a metodologia, mencionando que o tamanho da amostra era pequena e que os resultados vieram de medo dos pesquisados. "A maior motivação única para estes 98 indivíduos, no entanto, certamente foi uma baseada no medo. Em resumo, eles viviam todos sob a ameaça do inferno .. "

Mas, o Dr. Stanton Jones defendeu a metologia, dizendo que "quanto mais rigoroso você ficar, mais longe você fica da vida real" e "todas as metodologias têm desvantagens", segundo relatado pelo CitizenLink.

"Seguimos mais um modelo da vida real do que um modelo hiper-experimental controlado", acrescentou ele, segundo a mesma publicação.

Jones respondeu àqueles, incluindo a American Psychological Association (APA), que disseram que a orientação sexual não pode ser mudada, dizendo que não existe para ele nenhuma pesquisa nesse sentido, e ele quer trazer à tona que a mudança é possível. "Acreditamos que os resultados desafiam a mentalidade reinante de que a mudança é impossível ou é extraordinariamente rara".

"Nós estávamos tentando resolver a questão básica ‘a mudança é possível?’ o fato de que alguém mudou é o que resultou deste estudo", disse ele.

Fortes convicções sobre o comportamento moral dos sujeitos, que eram todos Cristãos, descobriu ele, desempenhou um papel fundamental na mudança de orientação bem sucedida.

Fonte: The Christian Post

Katy Perry e sua popularidade: Porque as pessoas se interessam?


Katy Perry, filha de pastores e missionários americanos não pára. A cantora se apresentou no Rock in Rio e causou sensação com seu hit ‘I kissed a girl ‘, de conteúdo homossexual.-O reverendo Augustus Nicodemus responde o porque do interesse.-Confira…
É possível observar que cantores da música secular alcancem enorme sucesso e popularidade quando envolvidos em escândalos, polêmicas e controvérsias. Exemplos apontados na mídia são as cantores Lady Gaga, Amy Winehouse, Ozzy Osbourne, Madonna e tantos outros.
Mas com relação a Katy Perry, que teve uma sólida formação cristã e que até gravou um cd com músicas evangélicas, o fato parece ter
(Foto: Lucas Jackson/Reuters) Nesse show, Katy Perry se apresentou vestida de soldadinho.
tido um aditivo que apimenta o caso e chama a atenção do público ávido por acontecimentos diferentes no meio.
De acordo com o teólogo reconhecido, reverendo Augustus Nicodemus, que falou com exclusividade ao The Christian Post, pessoas sem Deus se interessam por este tipo de assunto.
“Por músicas que tratam de sexo livre, homossexualismo, violência contra a mulher, paixões fracassadas, adultério e traição. E há um tempero a mais quando se trata de cantores e cantoras que vieram de lares cristãos, pois isto serve de reforço para a rebelião generalizada que existe hoje contra a religião em geral e o Cristianismo em particular”, analisou.
De acordo com o estudioso, “filhos de pais cristãos que se tornaram ateus, devassos, imorais, rebeldes, etc. são explorados pela mídia preconceituosa contra o Cristianismo”.
Nicodemus observa ainda que há a ausência de notícias quando alguém que era do meio secular e se converte, como o cantor Rodolfo(foto), ex-Raimundos e a ex-paquita Andrea Sorvetão e seu marido Conrado, que agora cantam músicas gospel.
“Eles falam do mundo e o mundo os ouve” (1João 4:5), cita o reverendo.
Para ele não dá para dissociar escândalos dos talentos, falando sobre os escândalos que sobrepujam o talento, chamando mais a atenção do público. “O que faz um artista – que é uma pessoa pública – é não somente o seu talento e a sua habilidade, mas também suas crenças, suas práticas e seu comportamento”.
Falando da popularidade alcançada por Amy Winehouse, ele disse: “isso decorre tanto do seu inegável talento quanto da sua vida controvertida e polêmica, que desembocava nas suas performances bêbada ou drogada, levando uma parte de seu público ao delírio. O sucesso de ‘Rehab’ se deu principalmente porque o hit refletia a sua própria vida”.
Celebridades como Paris Hilton, exemplificou ele, têm mais seguidores nas redes sociais e nos shows quanto mais polêmica e controversa forem suas vidas.
Augustus Nicodemus (foto) lembra que os escândalos geralmente envolvem coisas mencionadas em Gálatas 5:19-21 – prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes.
“é perfeitamente natural que pessoas que vivem na carne – isto é, que vivem de acordo com as paixões e desejos de sua natureza pecaminosa – não somente pratiquem estas coisas como também as apreciem grandemente e se deleitem em observá-las”, concluiu.
Fonte: Christian post -

Senador Crivella pressiona TV Brasil pela permanência de horário religioso

Para o senador evangélico, a emissora estatal usou de “truculência” ao “privar o telespectador” das transmissões religiosas.

O senador e pastor licenciado da Igreja Universal Marcelo Crivella (foto), do PRB-RJ, disse hoje (29) a Daniel Aarão Reis, do Conselho Curador da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), que a empresa não deveria cancelar os programas religiosos da TV Brasil.

Para ele, a emissora estatal usou de “truculência” ao “privar o telespectador” das transmissões religiosas. “Você acha que tirando os programas do ar estaremos mais próximos da diversidade [religiosa]?”, perguntou Cravella a Reis durante uma audiência pública.

Embora tenha vencido o prazo para que “Santa Missa”, da Igreja Católica, e “Reencontro”, da Igreja Batista, saíssem do ar, os dois programas continuam na grade da emissora porque a Arquidiocese do Rio de Janeiro obteve uma liminar (decisão judicial provisória) para manter o seu horário, beneficiando, por extensão, a igreja evangélica.

Agora, a TV Brasil aguarda o julgamento do mérito dessa liminar. Crivella disse acreditar que ainda possa haver "um entendimento" entre a EBC e as igrejas.

Reis respondeu a Crivella que o Conselho Curador decidiu substituir os dois programas por uma apresentação sem proselitismo sobre todas as religiões praticadas no Brasil. Argumentou que, pelo fato de o Estado ser laico, o horário religioso do jeito que estava configurado é “ilegal”, além de ser injusto porque contempla apenas duas denominações religiosas.

O senador Edison Lobão Filho (PMDB-MA), presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, disse que, “do ponto de vista prático”, não há nenhuma ilegalidade porque as duas religiões são praticadas por “90% da população brasileira”.

Fonte: Paulopes

Homem mata gestante a tiros e tira a própria vida em igreja

Assassinato seguido de suicídio ocorreu em igreja de Madri, na Espanha. Equipe de emergência salvou bebê fazendo cesariana dentro do templo.

Um homem armado entrou em uma igreja católica em Madri, na Espanha, e matou uma mulher grávida logo antes de tirar a própria vida nesta quinta-feira (29), segundo informou um oficial da polícia local. Ainda de acordo com o policial, a equipe de paramédicos que prestou socorro teria conseguido fazer uma cesariana dentro da igreja e salvado o bebê.

O tiroteio ocorreu pouco antes de uma missa na Igreja de Santa Maria, em um bairro de classe média-alta em Madri, de acordo com a polícia. Uma mulher que estava sentada perto da vítima foi ferida por um dos tiros.

A gestante morta estava a apenas dias de dar à luz.
O jornal espanhol "El Mundo" afirma em seu site que o atirador tinha 34 anos, e a grávida, 36. Também diz que a criança é um menino, e que ele foi encaminhado ao Hospital de La Paz, onde permanece em UTI.

A mulher que foi ferida por um disparo, também segundo o jornal, foi atingida no tórax e se encontra em estado grave em um centro hospitalar. A mãe da vítima fatal, que se encontrava ao lado da filha no momento dos tiros, teria sofrido um ataque de ansiedade durante o tiroteio.

Segundo o vigário local, o atirador chegou a ser visto durante a tarde nas cercanias da igreja levando uma bolsa. O homicídio ocorreu pouco antes da missa das 20h locais (17h em Brasília).

Fonte: G1

Deputados evangélicos criam Projeto de Lei em defesa dos valores da família


O Projeto de Lei trata da criação de distinções e preferências entre brasileiros que estariam ferindo a proteção do Estado à família.
Clique aqui para conhecer quem são os representantes da frente parlamentar evangélica.

Os deputados da bancada evangélica Marcelo Aguiar (PSC), Lauriete (PSC) e Acelino Popó (PRB) protocolaram na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 733/11, que trata da criação de distinções e preferências entre brasileiros que estariam ferindo a proteção do Estado à família.

O Projeto de Lei foi elaborado em reação ao avanço das políticas de inclusão de homossexuais na Câmara, questão abraçada por políticos ligados à causa GLBTT (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais), e pede proteção especial do Estado à família.

Ao diário baiano Correio 24 horas, o trio de deputados declarou: “nada mais pretendemos que a efetivação constitucional no sentido de assegurar que o Estado brasileiro não seja controlado por grupos minoritários que queiram impor a sua visão de mundo".

O texto recebeu parecer contrário do deputado baiano Jean Wyllys (PSOL-RJ). De acordo com o deputado, o projeto é inconstitucional. Ele acredita que, ainda que não mencione grupos específicos, pelo teor religioso da sua justificação, as políticas públicas e leis que hoje atuam diretamente com o público de gays, bissexuais, transexuais e travestis, seriam interrompidas.

"A discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero é uma discriminação por motivo de sexo, violando o caput do artigo 5º da Constituição da República", pontuou o deputado ao diário baiano.

O projeto deverá passar por reformulação para continuar atendendo à reivindicação dos Cristãos, mas sem ferir a Constituição.

O PL já tramita em caráter conclusivo e deverá ser encaminhado nos próximos dias para análise das comissões de Direitos Humanos e Minorias, de Seguridade Social e Família, de Constituição e Justiça e Cidadania.

O texto, antes de virar lei, terá que se submeter ao plenário da Câmara, ao Senado Federal e também a sanção da presidência da república.

Fonte: The Christian Post

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Público conhece o CD e DVD que comemora o Centenário Pentecostal no Brasil


O último final de semana foi bastante movimentado no setor gospel. A 10ª 
edição da Expo Cristã, feira de produtos evangélicos realizada em São 
Paulo, reuniu uma grande quantidade de cantores e pastores que 
aproveitaram o momento para lançar e acompanhar as novidades do mercado
 Gospel.

E como todo ano essa data foi marcada por lançamentos pentecostais
 como o de Shirley Kaiser e o novo CD de Cassiane 'Ao Som dos Louvores'.
 Além disso, Cassiane, Damares, Elaine de Jesus e Lauriete fizeram o 
lançamento do CD e o DVD que comemora o Centenário do movimento 
pentecostal no Brasil.

O trabalho musical foi gravado no Rio de Janeiro e agora chega às lojas de
 todo país como um dos mais aguardados lançamentos de 2011. Afinal de
 contas não é em qualquer DVD que encontramos juntas as maiores e 
mais reconhecidas cantoras da música pentecostal na atualidade.

Confira os primeiros vídeos Liberados desse grande lançamento da Sony Music.



Fonte Olhar Pentecostal

Aprendendo a perdoar e se expor

Aprendendo a perdoar e se expor
Quando perdoamos não apenas liberamos a outra pessoa, mas principalmente liberamos a nós mesmos. O sentimento de vingança, raiva, ódio é auto-destrutivo. É como tomar veneno e esperar o outro morrer.
Quem perdoa vive feliz. Não há como ser feliz sem perdoar. Temos expectativas altas sobre as pessoas e às vezes impomos coisas demais para amá-las e nos esquecemos que amamos estas pessoas independente do que seja, simplesmente amamos. Amar também significa perdoar os pequenos defeitos, saber entender no momento de necessidade, estar do lado na angústia e caminhar junto mostrando a direção quando o outro não sabe e claro, estar disposto a se expor e ser ajudado. A intimidade é mais do que apenas desfrutar momentos bons juntos ou estar o tempo todo do lado. A intimidade é conhecer cada defeito e amar cada detalhe. Intimidade é não ter medo de expor suas angústias, problemas e defeitos. É sentir confiança de que o outro não vai me condenar, mas sim me apoiar sempre.
Carregamos sobre os nossos ombros um fardo pesado demais, onde na maioria das vezes é um peso de falta de perdão seja com os outros, seja consigo mesmo. Falta de perdão por achar que poderia ter feito diferente, ou por se sentir incapaz, ou por achar que não pode mudar, ou por simplesmente ter esquecido que o fardo de Jesus é leve.
A vida em abundância que Jesus disse que veio pra dar vai além do que as pessoas dizem que tem. Muitos dizem que tem Jesus no coração e que desta forma tem paz e vida em abundância. Isto não necessariamente é verdade.
Para se ter paz no coração e vida em abundância é necessário amar e perdoar. Se não há perdão não há vida em abundância. Se não há amor não há plenitude de vida. Se não há entrega não há nada de novo.
Temos medo do novo. Medo de nos entregar. Não confiamos em ninguém e acabamos criando uma bolha sobre nós para não precisar nos expor para ninguém. Pouquíssimas pessoas, ou ninguém nos conhece de verdade. Assim carregamos um fardo sozinhos, fardo esse difícil demais de carregar. Criamos máscaras, nos isolamos.
E assim é nosso relacionamento com Deus. Não nos expomos para aquele que nos criou e sabe tudo, mas apenas quer nossa dependência dEle. Buscamos a Deus como um consultor, aquele que nos ajuda em casos especiais que não conseguimos lidar. É nosso empregado especial. Ou então dizemos que Deus está acima de tudo na nossa vida. Ás vezes Ele está tão acima de tudo, que fica até alto demais para participar de nossa vida. É como a Bíblia, é tão sagrada que nem encostamos nela.
Deus quer participar de tudo. Quando nos criou não foi para que fosse nosso Deus apenas, para colocarmos acima de tudo, mas sim para caminharmos juntos dEle. Ele nos ama.
Libere-se do seu fardo. Exponha-se para Jesus. Perdoe se libere desta mágoa que apenas não te permite continuar a crescer.
Quando Jesus disse que o fardo dele é leve e o jugo é suave, é porque o Jugo era o cangalho do boi. Onde era colocado sobre dois bois para arar a terra.
Se fosse colocado sobre dois bois inexperientes, ambos iriam achar o jugo leve demais no inicio e iriam rápido ficando totalmente fatigados no meio do dia. Desta forma o agricultor colocava um boi mais experiente do lado de outro inexperiente, para que este aprendesse com o outro e assim caminhavam a jornada de um dia nos passos certos agüentando levar a carga tranquilamente.
Jesus quer caminhar do nosso lado e nos ensinar a levar nosso jugo. O jugo dele é suave. Ele é o boi experiente. Não queira ir só, porque no meio do caminho você não vai agüentar mais.
Aprenda com Jesus que é manso e humilde. Exponha-se pra Ele. Busque intimidade com o Pai. Ele já sabe e continua te amando, basta você falar o que Ele já sabe e já perdoou, mas Ele quer te ouvir.
Que Deus, o nosso amado Pai nos abençoe!
Extraído do Blog Somente a Graça

Rihanna é expulsa de fazenda por cristão por querer gravar clipe nua

Famosa cantora secular Rihanna é expulsa de fazenda por cristão por querer gravar clipe nua
A imagem da cantora Rihanna nua não agradou muito a um fazendeiro cristão que mora na Irlanda do Norte e terminou em um pequeno tumulto. Após ver a cantora nua em sua propriedade, para as gravações de um clipe, o fazendeiro obrigou a cantora a se cobrir, pois estava chocado com a cena.
O clipe da música “We Found Love”, começou a ser gravado após a apresentação da cantora no Rock in Rio. O fazendeiro declarou à BBC News que a cena foi inesperada: “achei muito inapropriado. Pedi para que parassem de filmar e eles obedeceram. Ela me escutou e no final das contas demos até um aperto de mão”.
O Fazendeiro explicou que a nudez e as poses que Rihana estava fazendo vão contra seus princípios e disse também que não fazia ideia de quem era a cantora quando solicitaram permissão para gravar o clipe na sua fazenda, na cidade de Bangor, Irlanda do Norte. “Do meu ponto de vista, a terra é minha, eu tenho as minhas crenças e senti que aquilo não era apropriado”, afirmou. “Não desejo mal nenhum a Rihanna, nem aos seus amigos, mas talvez eles pudessem descobrir um Deus maior”.
Depois do puxão de orelhas, a produção da cantora passou a procurar outro local para terminar a gravação do vídeo, que será o principal clipe do novo álbum da cantora, que ainda não tem nome.
Fonte:Gospel +

Conheça celebridades do Brasil e do mundo que renegam a Deus e suas opiniões sobre; Missionário da JOCUM comenta


Não somente no Brasil como ao redor de todo o mundo existem aqueles que mostram total ausência de crença no Deus criador de todas as coisas e naquele que entregou seu filho pela humanidade. É possível ver variados relatos de pessoas famosas que tem grande influência no mundo midiático e que de certa forma acabam por meio destas indagações a gerar polêmica dentre seus fãs e pessoas que de certa forma não concordam com os princípios vividos por estes artistas.
Ainda há aqueles famosos que se acham como “pequenos deuses” e que se julgam capazes de realizar qualquer coisa por suas próprias forças e talentos, um dos casos mais conhecidos foi o do cantos John Lennon, por exemplo.
Em entrevista ao Gospel+, o missionário da Jocum, Marco Faria, explica que a fama na maioria das vezes traz a tona várias coisas do coração que podem nos distanciar de Deus, mas explica que não somente a fama em si leva a isso, pois o próprio Jesus era famoso na sua época e na sua área de atuação,explica ele. Para ele a aparição e popularidade na grande massa, acabam gerando diversos fatores, os quais começam a encher o individuo de orgulho,vaidade, da sensação de poder e independência.
“Ter uma platéia pequena lhe aplaudindo já dá um sentimento de satisfação e capacidade de tocar as pessoas e mobilizar pessoas de uma forma incrível, que exige muito cuidado com o coração. Agora, imagine esse reconhecimento massivo, onde as pessoas param suas vidas por causa da vida do famoso. São muitos os fatores que podem e irão, em momento oportuno, distanciar o homem de Deus.” Diz Marco Faria.
Conheça alguns dos grandes nomes brasileiros e internacionais que relataram à mídia não depositar créditos a existência de Deus:
O renomado compositor Caetano Veloso, escreveu no livro “Verdade Tropical” que o Brasil deveria ser ateu. “(Fui) criticado com razão. Não há o menor indício de que o Brasil tenha vocação para isso. Mas o ateísmo filosófico moderno, que tem a ver com a experiência do mundo moderno que vivemos, não pode ser simplesmente negado”, defendeu o cantor  em uma entrevista à “Ípsilon”, quando falou sobre polêmica gerada por seu relato no livro.
“Eu não tenho crença. Eu fui criado na Igreja Católica, fui educado em colégio de padre. Eu simplesmente perdi a fé. Mas não faço disso uma bandeira. Eu sou ateu, como o meu tipo sanguíneo é esse”, disse o músico Chico Buarque em entrevista à revista “Brazuca”.
Outros dois famosos brasileiros que também negam acreditar em Deus, são os atores Lima Duarte e Deborah Evelyn. Lima apesar de ter se declarado ateu, discordou da implicância do autor português José Saramago com Deus. “Sou ateu como o Saramago, mas eu não preciso ficar amando Deus pelo avesso como ele fica”, disse à Folha de S.Paulo, sobre o livro “Caim”.  E atriz global Deborah disse ao ‘Diário de São Paulo’: “Fé é uma coisa que ou você tem ou não tem. E eu nasci sem fé”.
Daniel Radcliffe – o protagonista de “Harry Potter”- declarou: “Sou ateu, mas sou muito tranquilo quanto a isso. Eu não prego meu ateísmo”. Brad Pitt em uma entrevista ao site “Bild.com”,disse ser 20% ateu e 80% agnóstico. “Não, não, não (acredito em uma força superior). Ninguém sabe ao certo. Você vai descobrir quando morrer ou não. Até lá, é inútil pensar sobre isso”, argumentou. E Angelina Jolie diz que “não há a necessidade”, para ela, de acreditar em Deus.
Até mesmo astro de High School Musical, Zac Efron, surpreendeu suas fãs declarando à revista Rolling Stone: “Fui criado em uma família agnóstica, então nós nunca praticamos religiões, mas meus pais eram muito severos”.
Vindo de família de ascendência judia, o cineasta, Woody Allen, manifesta frequentemente sua dúvida em relação à existência de Deus. Uma de suas frases famosas, presente no filme autobiográfico “Stardust Memories”, é: “Para você, eu sou um ateu. Para Deus, eu sou a oposição leal”
“Eu amo religiões e rituais, apesar de não acreditar em Deus”, disse ao “Entertainment Weekly”, explica a atriz Jodie Foster que costuma celebrar o Natal com os filhos, mas ressalta não acreditar em uma “força superior”.
“Eu acredito em pessoas, acredito em seres humanos, eu acredito em um carro, mas não consigo acreditar em algo sobre o qual não tenho absolutamente nenhuma evidência há milênios”. Indagou o ator John Malkovich.
Em 2009 o programa  ’Manha Maior’ na Rede TV! exibiu uma matéria a respeito do assunto “Famosos ateus”. Veja abaixo a matéria exibida pela Rede TV!:
Quando questionado a respeito da conversão de pessoas famosas, se confessando a Jesus como salvador de suas vidas, seriam uma grande ferramenta para a evangelização, o missionário Marco diz: “O outro lado, e o lado que mais eu temo, são eles serem apenas usados como estratégia de evangelização. Como isca para “pegar” as pessoas. O evangelismo ainda é lidado na igreja brasileira como estratégia, enquanto creio que ele é um reflexo de uma vida que tem uma história de encontro com o Cristo de tal forma que sua vida é o evangelho, essa boa notícia de que Deus veio até ao homem e o salvou. E que depois de ser tocado por esse amor de Deus é impossível não estender ao mundo ao meu redor essa realidade. Acho que cada cristão, inclusive os famosos, precisam ser mais autênticos com seu evangelismo. Não apenas usar de artifícios para que as pessoas participem de reuniões, mas torna-se essa carta viva de Deus para os homens.”
Fonte: Gospel + 

Sérgio Lopes defende Ana Paula Valadão e critica postura de Silas Malafaia e Edir Macedo


O cantor Sérgio Lopes também se manifestou sobre as recentes discussões entre o bispo Edir Macedo e o pastor Silas Malafaia. Mas apesar de fazer parte do quadro de artistas da gravadora Line Records, ligada à Igreja Universal do Reino de Deus, o cantor não defendeu nenhum dos dois líderes, mas os criticou.
Sérgio acredita que essas afrontas é um desperdício de tempo já que esses dois pastores  pagam caro por esses espaços que deveriam servir para falar da palavra de Deus.
“Alguns homens tem o poder da mídia nas mãos. Homens que podem perfeitamente usar esse poder para ajudar a corrigir os vícios morais da nossa nação”, escreveu.
Sérgio Lopes é um dos cantores mais renomados do gospel, podendo ser considerado com um dos precursores do estilo. Por sua vivência no meio ele aproveita para defender Ana Paula Valadão que foi acusada pelos bispos da IURD de ser endemoniada. ”Enquanto isso, um dos gigantes da comunicação faz declarações absurdas contra uma mulher de Deus como a Ana Paula Valadão, que sempre fez a sua parte como serva de Deus, que entende seu lugar e faz o que pode para diminuir como pessoa e ver o evangelho crescer em sua nação e fora dela.”
Na visão do cantor essas trocas de farpas que aconteceram depois que essas notícias se espalharam parecem “duas crianças disputando para ver quem grita mais alto no playground antes do síndico chegar e mandar calar a boca”. Nas palavras dele, o sindico seria o próprio Deus.
“No fundo, os pastores de toda a nação, se pudessem dizer alguma coisa para esses meninos briguentos, seria apenas um sisudo e sonoro ‘shhhhh’!”.
O texto foi postado no dia 24 de setembro, mas o cantor voltou atrás e apagou a postagem.
Tela Sergio Lopes Sérgio Lopes defende Ana Paula Valadão e critica postura de Silas Malafaia e Edir Macedo
Fonte: Gospel Prime

Pastor Marco Feliciano afirma que quer ser Presidente do Brasil

Pastor Marco Feliciano afirma que quer ser Presidente do Brasil
O Pastor e Deputado Federal Marco Feliciano, afirmou durante a Expocristã que sonha ser Presidente da República. Feliciano, que obteve mais de 211 mil votos nas eleições para deputado, é líder do Ministério Tempo de Avivamento e conhecido por suas extravagâncias.
Durante sua campanha para deputado, o Pastor conquistou votos dos evangélicos pentecostais propondo a defesa dos valores cristãos para a sociedade. Após a eleição, chegou a afirmar que não teme ser corrompido pela política. “A corrupção está aliada ao caráter. Uns são corrompíveis, outros não. Medo? Não, posso ter medo daquilo que nunca aceitei, não aceito hoje e não aceitarei amanhã. Vigilância sempre!”, afirmou Feliciano.
O Pastor e Deputado, que também é cantor, se apresentou na Expocristã no Grande Auditório e discursou para os presentes, quando revelou seu maior sonho na política: “quero ser presidente do Brasil. A gente sonha em chegar lá e vamos trabalhar pra isso. Para fazer desse país uma nação mais justa e não envergonhar o nome de Jesus Cristo”.
Fonte:Gospel +