segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Saiba o que é a Marcha das Vadias.


A Marcha das Vadias  iniciou-se em 2011 em Toronto no Canadá e desde então tornou-se um movimento internacional realizado por diversas pessoas em todo o mundo. A Marcha das Vadias protesta contra a crença de que as mulheres que são vítimas de estupro pediram isso devido as suas vestimentas e pela legalização do aborto, assuntos sempre polêmicos geradores de discussões eternas. Antes de tirar conclusões precipitadas, devemos observar o real motivo da criação do movimento O Respeito a Mulher.






As mulheres durante a marcha usam roupas provocantes: como blusinhas transparentes,lingerie, saias, salto alto ou apenas o sutiã.  


Segundo as organizadoras, o movimento recebeu esse nome em um protesto no Canadá. A ação foi uma resposta à declaração de um policial durante uma palestra na universidade de Toronto, uma das mais importantes do país. O agente teria sugerido às estudantes que evitassem se vestir como “vadias”, para não serem vítimas de assédio.


O comentário do policial revoltou as alunas, que pensaram em realizar uma manifestação diferente contra a ideia de culpar as mulheres pela agressão que sofrem. As líderes do movimento argumentam que nenhuma agressão sexual pode ser justificada pelas roupas, pelo comportamento ou pelo estilo de vida da pessoa agredida.

Na Marcha das Vadias do Rio de janeiro houve tumulto em frente a uma igreja em Copacabana: Uma das manifestantes tirou camisa no pátio da igreja, onde ocorria missa gerando revolta dos fiéis:





"Nós estamos defendendo uma educação mais humanista contra a violência cometida contra a mulher. Queremos ter o direito de nos vestir como quisermos, sem dizer que estamos provocando o estupro e que a causa do crime é o estuprador", disse a professora Veluma Rabello.



Não entendeu ainda? As imagens falam por si só:



























Fonte: G1 e Wiki via Gospel Atualidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante.
Deixe seu comentário.