quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Amor ao dinheiro pode destruir seu casamento

Amor ao dinheiro pode mesmo atrapalhar seu casamentoNão é só papo de filmes românticos: materialistas que se preocupam em excesso com dinheiro realmente tendem a ter um casamento mais infeliz. É isso que afirma um pesquisador americano, o psicólogo Jason Carroll.
A primeira fase do estudo foi pela internet: 1.734 casais responderam um famoso questionário online, usado por conselheiros maritais, educadores e psicólogos dos Estados Unidos.
O primeiro passo dos pesquisadores, ao receber o resultado, foi classificar as pessoas em dois grupos: materialistas e não materialistas. Com o perfil de cada participante, dividiram quatro tipos de casais: no qual ambos são materialistas (20%), no qual nenhum é materialista (14%), no qual apenas a mulher (11%) ou apenas o homem (14%) eram materialistas. Os 31% restantes não souberam se definir em um dos grupos.
Resultados negativos: os casais onde marido e mulher são ambos materialistas apresentaram índices de 10% a 15% mais baixos em satisfação conjugal, estabilidade no relacionamento e habilidade de evitar conflitos.
Isso não se aplica, contudo, exclusivamente aos casais ricos. Não importa a classe social, quando um dos cônjuges decide mergulhar em excesso na busca por sucesso financeiro, o casamento corre maiores riscos.
Se ambos são assim, pior ainda: o casamento tende ao fracasso de maneira mais intensa. Como conta Carroll, isso foi um dado surpreendente: eles imaginaram que o pior casamento seria aquele entre um cônjuge louco por sucesso financeiro e o outro “mão-de-vaca”, por exemplo. Mas a pesquisa indicou que a dissonância não é tão ruim quanto ambos serem amantes do dinheiro.
Hypescience / Portal Padom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante.
Deixe seu comentário.